Homenagem a Igreja Universal do Reino de Deus

Escrito por Assessoria Parlamentar

DEPUTADO HOMENAGEIA A IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS

2017-07-05 Aniversario da Igreja Universal

Tema: Transcurso do 40º aniversário de fundação da Igreja Universal do Reino de Deus.

Data: 05/07/2017
Sessão: 179.3.55.O
Hora: 16:02

O SR. ANTONIO BULHÕES (PRB-SP. Pronunciamento encaminhado pelo orador.)

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, no dia 9 de julho, a Igreja Universal do Reino de Deus completará 40 anos de atividade missionária em nosso País.

Essa missão, que se vem desenvolvendo ao longo do tempo, mostra-se hoje mais necessária do que nunca. Afinal, nossa época é marcada pela degeneração dos costumes, pela explosão da violência, pela grande desconfiança da população em relação aos homens públicos. E, sem rumo, sem perspectiva de futuro, sem liderança, o cidadão comum se acha cada vez mais abandonado.

Confrontando essa realidade, os mais de 14 mil pastores espalhados pelo Brasil e exterior, lutam para transmitir um pouco de paz interior e de esperança às pessoas necessitadas. Travam sua batalha diariamente; jamais desanimam na realização de sua nobre tarefa evangelizadora. Empenham-se em propagar a graça da salvação, da libertação e da cura aos mais carentes e desesperados, e nenhum obstáculo parece grande o bastante para desencorajá-los.

Assim vem se renovando o chamado recebido pelo então jovem Pastor Edir Macedo, que começou a fazer suas pregações inflamadas do Espírito Santo, em um coreto no Jardim do Méier, há 40 anos. Tomado pela fé, decidiu alugar um galpão para instalar sua Igreja, contrariando as opiniões dos que julgavam aquilo uma loucura. Mas ele seguiu adiante, firme na obra do Senhor, e, em 9 de julho de 1977, abriu oficialmente as portas da Igreja Universal do Reino de Deus.

Desde então, um número cada vez maior de pessoas vem aceitando Jesus como Salvador. Muitos têm sido os testemunhos de graças recebidas, bem como os de curas alcançadas. Dessa forma, tem se irradiado a mensagem de esperança e amor iniciada no pequeno coreto do Méier.

O que contribui para aumentar sua aceitação é o compromisso dos bispos, pastores, obreiros e demais membros da Igreja Universal com as questões relacionadas à vida prática. Eles não hesitam em sair às ruas, para mostrar que Jesus Cristo é a solução de todos os problemas. Difundem a palavra transformadora; pregam as verdades bíblicas; oram; impõem as mãos; ministram unções. E, ao mesmo tempo, dedicam-se a uma série de ações de cunho social.

Os programas sociais da Igreja Universal envolvem 250 mil voluntários, que dedicam seu tempo e preparo profissional para ajudar o próximo. Dessa forma, são beneficiadas, no Brasil, a cada ano, cerca de 3,4 milhões de pessoas carentes, entre idosos, menores abandonados, moradores de rua, viciados, analfabetos e outros que compõem a multidão de desassistidos em nosso País.

Graças a isso, a Igreja conta hoje com aproximadamente 10 milhões de fiéis, dos quais 7 milhões no Brasil e os demais espalhados por cerca de cem países. Eles praticam uma fé ativa, transmitida em linguagem simples, para ser assimilada pelo coração e pelo espírito dos sedentos da manifestação de Deus em suas vidas.

Demonstrando também sua consciência de cidadania, eles se preocupam em influenciar políticas públicas destinadas a recuperar os excluídos da sociedade, bem como as demais vítimas dos problemas que afligem a humanidade em nossos dias. Nesse sentido, sempre pautados por princípios éticos e, sobretudo, pelo amor a Deus e pelo respeito ao próximo, vêm trabalhando para eleger, nas três esferas legislativas, representantes que lutem pela dignidade do ser humano.

Aqui mesmo, nesta Casa, temos bons exemplos de colegas cujos mandatos estão a serviço da nobre missão da Igreja Universal do Reino de Deus. A eles, aos bispos, pastores, obreiros e demais membros dessa boa obra presto a mais respeitosa homenagem.

Muito obrigado,

ANTONIO BULHÕES
Deputado Federal / PRB-SP