Dia Internacional da Mulher

Escrito por Assessoria Parlamentar

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Tema: Homenagem às mães ao ensejo do Dia Internacional da Mulher. Contentamento com as conquistas sociais das mulheres no Brasil.

2015-03-12diadamulher

Data: 12/03/2015
Sessão: 030.1.55.O
Hora: 16:38

O SR. ANTONIO BULHÕES / PRB-SP, pronuncia o seguinte discurso:

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o Dia Internacional da Mulher, que comemoramos em 8 de março, tornou-se uma das efemérides mais concorridas aqui na Câmara dos Deputados.

Esse fato não causa surpresa, porque, sem sombra de dúvidas, as mudanças em torno do papel da mulher na sociedade estão tendo impacto enorme na vida das nações.

Todos nós nascemos de um ventre feminino. Nossas mães nos alimentam, nos ensinam a andar, a falar e a desenvolver os mecanismos básicos de interpretação da realidade.

Estudos comprovam que o grande diferencial dos humanos no reino animal, a linguagem, desenvolve-se inicialmente na conversa que os bebês travam com aquelas que os carregam no colo. A amamentação, esse gesto sagrado de doação e amor incondicional, é o momento em que se estabelecem os mais fortes laços amorosos entre duas pessoas, uma das quais, a criança, depende inteiramente da proteção dos adultos para sobreviver.

É surpreendente ver filhotes de alguns animais correrem pelos campos horas após o parto. Nós não somos assim; precisamos que cuidem de nós para que possamos crescer e desenvolver.

As mães são o principio de tudo, e é a elas que eu dedico, em primeiro lugar, minha homenagem no Dia da Mulher.

Não nos surpreende, portanto, que as mulheres estejam obtendo tantas conquistas no mundo social. Para onde quer que dirijam sua energia e criatividade, nas escolas, nas empresas, nas artes e nos esportes, elas avançam com firmeza e determinação.

Grande parte de tudo que já se produziu no universo das artes esteve direcionado ao fascínio despertado pelo sexo feminino. A força da criatividade humana produziu belíssimos poemas e músicas destinados a mulheres desejadas, conquistadas ou inalcançáveis.

Nesse contexto, preocupa-nos, por outro lado, as distorções sociais que se refletem em menos oportunidades de trabalho e discriminações de todo tipo em relação às mulheres. Até mesmo na recente premiação do Oscar, ouvimos protestos contra as diferenças salariais que estariam ocorrendo entre atores e atrizes na nação mais poderosa do planeta. Nos países menos desenvolvidos, essas diferenças são maiores e mais cruéis.

Mas mesmo no Brasil, onde, infelizmente, são conhecidos os casos de preconceito e violência contra as mulheres, acredito que as coisas estão melhorando e, com certeza, vão melhorar cada vez mais.

Acredito que teremos a sabedoria necessária para encontrar um ponto de equilíbrio que consolide a igualdade entre todas as pessoas e preserve as habilidades e virtudes que tornam as mulheres imprescindíveis na vida de todos os seres humanos.

Obrigado.

Sala das Sessões,

ANTONIO BULHÕES
Deputado Federal / PRB-SP